congelamento de preços para conter inflação é medida ineficaz, diz Daoud

Para conter a inflação, Roberto Feletti, novo secretário de comércio interior da Argentina, disse nesta quarta, 13, que o país pretende impor congelamento de preços por 90 dias para uma lista de 1.245 produtos de consumo de massa.

De acordo com o jornal Clarín, o pedido foi feito durante reunião do governante com cerca de 40 empresários representantes das principais fábricas de alimentos e outros produtos da cesta básica.

Na avaliação do comentarista do Canal Rural Miguel Daoud, a medida não terá eficiência, pois a situação na Argentina está fora do controle.

“A inflação da Argentina já está quase em 50% e o que resta para eles é congelar os preços. A medida tem tudo para dar errado como deu aqui no Brasil durante o governo Sarney”, relembra o comentarista.

 

FONTE: CANAL RURAL

Total
0
Shares
Previous Article

Ataques hackers movimentam venda de seguros contra risco cibernético

Next Article

Café arábica cai 2% na ICE com chuvas no Brasil; açúcar também recua

Related Posts