EUA passam a aceitar visitantes imunizados

Os Estados Unidos aceitarão o uso por visitantes internacionais de vacinas contra a Covid-19 autorizadas pelos reguladores dos EUA ou pela Organização Mundial da Saúde (OMS), dentre elas Coronavac. O anuncio foi feito na noite de sexta-feira (08.10) pelo Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC). 

Com a decisão, visitantes que tiverem tomado o ciclo completo de duas doses da vacina chinesa CoronaVac poderão entrar em território americano.

Atualmente a OMS reconhece sete vacinas como eficazes contra a Covid-19: a da Moderna, a da Pfizer/BioNTech, a da Janssen, a de Oxford/AstraZeneca, a Covishield (do Instituto Serum na Índia, que usa a mesma fórmula da AstraZeneca), a CoronaVac e a da Sinopharm. As duas últimas, ambas chinesas, não eram reconhecidas pelo governo americano. A decisão não contempla a vacina Sputnik V, fabricada pelo governo russo, que não é reconhecida como eficaz pela OMS.

Brasileiros totalmente vacinados contra a Covid-19 já estavam liberados para entrar em pelo menos 15 países com imunizantes aprovados no Reino Unido: AstraZeneca, Janssen, Moderna e Pfizer. 

Os estrangeiros que viajarem aos EUA deverão estar totalmente imunizados e apresentar o comprovante de vacinação antes de embarcar. Além disso, o país vai manter a exigência de que o passageiro apresente um teste negativo de Covid-19 feito até 3 dias antes do embarque.



FONTE: AGROLINK

Total
0
Shares
Previous Article

Sebrae-SP vai capacitar empresas do segmento metalmecânico de Monte Azul Paulista

Next Article

Petrobras reajusta hoje preços do gás de cozinha e da gasolina

Related Posts