Forte queda para soja em Chicago

O contrato de novembro21 da soja em grão fechou em forte queda de 1,82% ou 22,50 cents/bushel a $ 1223,0, de acordo com informações da TF Agroeconômica. O contrato de maio22, importante para as exportações brasileiras, fechou também em queda de 1,69% ou 21,50 cents/bushel a $ 1251,50. 

“O contrato de dezembro21 de farelo de soja fechou em queda de 1,43% ou $ 4,7/t curta a $ 323,7. O contrato de dezembro de óleo de soja fechou em forte queda de 3,32% ou $ 2,15/libra-peso a $ 62,55.  O mercado de soja sofreu tomada de lucro que, após recentes altas e vendas técnicas (resistência na média móvel de 20 dias) impuseram quedas. Ajustes em petróleo e óleos vegetais contribuíram para a fraqueza. A boa previsão do tempo, favorável ao plantio no Brasil e na Argentina, também foram fatores negativos para os preços. Por outro lado, bom relatório semanal de vendas nos EUA deu suporte, evitando novas quedas”, comenta. 

Nesse contexto, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) reportou vendas de exportação de soja em 2,88 milhões de toneladas para a semana encerrada em 14/10, acima das estimativas, um  novo  máximo  do  ano  comercial,  incluindo  1,515 milhão de toneladas de  negócios  anunciados  anteriormente  (para  a  China  e Desconhecido).  

“A China foi listada como o maior comprador da semana com 1,88 MT, embora 526k T dela tenham sido relatados anteriormente como desconhecidos e 54k T foram relatados tarde. Os compromissos de soja 21/22 da China estavam em 14.964 T em 14/10. Isso representa 51,1% do total, mas é uma queda de 40% ano / ano. O total de compromissos de soja está em 29,27 MT, em comparação com 45,4 MT neste momento na última temporada”, completa. 



FONTE: AGROLINK

Total
0
Shares
Previous Article

Soja cai em Chicago com chuvas na América do Sul e pressão técnica

Next Article

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em março

Related Posts