Ganho na soja e no açúcar pode voltar a ser pressionado pelas variáveis baixistas na 4ª (6)

Oléo de soja
Óleo de soja atrelou os ganhos da soja na bolsa de Chicago, em movimento acionado pelo petróleo (Imagem: REUTERS/Enrique Marcarian)

A puxada que o óleo de soja deu nos preços do grão em Chicago, pode não se repetir na quarta (5), além do que há chances para realização de lucros nas duas commodities.

A alta do óleo de soja, de mais de 3%, como o de outras biomassas, foi alimentada pela disparada de dois dias do petróleo. E ajudou o açúcar também na sessão desta terça.

Em ambos os casos, o mercado foi atrás testar precificar maior produção de biocombustíveis e faltar mais matéria-prima.

A soja subiu 1,25% no contrato de novembro, a US$ 12,50 o bushel, mas não perde o viés de baixa, pelo cruzamento do plantio no Brasil com a colheita americana. Esta com previsões pouco melhores, além de estoques maiores, como lembrou recentemente o USDA.

O açúcar, que ganhou ligeiro 0,77%, a 19,85 c/lp para entrega em março, não perdeu, igualmente, a pressão da oferta indiana entrando, apesar da forte quebra da safra no Brasil.

 

 

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

FONTE: MONEY TIMES

Total
0
Shares
Previous Article

preços não sobem apenas em duas praças; acompanhe a cotação

Next Article

Reforma tributária: relatório eleva imposto sobre bebida e cigarro

Related Posts