Maior produtor de açúcar da Índia eleva preço da cana em 7,9%

Depois de aumentar os preços da cana em 3,3% para 315 rúpias por 100 kg na temporada 2017-2018, Uttar Pradesh manteve a taxa inalterada, alimentando irritação entre milhões de agricultores, um bloco eleitoral influente (Imagem: REUTERS/Juan Carlos Ulate)

O maior Estado produtor de açúcar da Índia, Uttar Pradesh, aumentou o preço que as usinas precisam pagar pela nova safra em 7,9%, anunciando o primeiro aumento no preço da cana em quatro anos, antes das eleições para a assembleia estadual no próximo ano.

O governo estadual decidiu aumentar o preço que as usinas precisam pagar aos produtores de cana na temporada 2021-22, começando em outubro, para 340 rúpias por 100 kg (4,61 dólares por 220 lb), disse o ministro-chefe de Uttar Pradesh, Yogi Adityanath, dirigindo-se a um grupo de agricultores.

Depois de aumentar os preços da cana em 3,3% para 315 rúpias por 100 kg na temporada 2017-2018, Uttar Pradesh manteve a taxa inalterada, alimentando irritação entre milhões de agricultores, um bloco eleitoral influente.

A eleição em Uttar Pradesh, que envia 80 parlamentares – ou mais do que qualquer outro estado – ao Parlamento em Nova Délhi, é frequentemente vista como um barômetro da popularidade do governo federal.

O Partido Bharatiya Janata (BJP), do primeiro-ministro Narendra Modi, deve fazer de tudo para manter o Estado, que tem uma população de 240 milhões.

O governo elevou no domingo o preço da cana em apenas 25 rúpias por 100 kg, o primeiro aumento em quatro anos durante os quais o custo do cultivo subiu à medida que os preços do diesel, energia, mão de obra, inseticida e pesticidas aumentaram drasticamente, disse Sudhir Panwar, um especialista em política agrícola de Uttar Pradesh.

FONTE: MONEY TIMES

Total
0
Shares
Previous Article

Startups de carros seminovos recebem aportes milionários e aceleram transformação digital do setor

Next Article

Milho caindo: Saiba o que fazer

Related Posts