Movimentação de contêineres no Porto de Santos cresce 26,2% em agosto e soma 3,2 milhões TEU no acumulado do ano

27/09/21 12h07

Comex do Brasil

A movimentação de contêineres no Porto de Santos no mês de agosto, 408,0 mil TEU (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), superou em 26,2% o resultado do mesmo período do ano passado, contribuindo para o desempenho no acumulado do ano de 3,2 milhões TEU, crescimento de 20% sobre o mesmo período de 2020. 

O movimento geral de cargas no acumulado no ano atingiu 101,0 milhões de toneladas, aumento de 3,1% sobre o volume operado no mesmo período de 2020. As descargas somaram 28,7 milhões de toneladas, apontando um crescimento de 12,5% sobre o acumulado de janeiro a agosto do ano passado. Já os embarques somaram 72,3 milhões de toneladas, ligeira queda de 0,2% sobre o resultado de 2020. 

Segundo o presidente da Santos Port Authority (SPA), Fernando Biral, o bom desempenho retrata o crescimento constante do Porto de Santos. “As cargas conteinerizadas e os granéis líquidos alcançaram as melhores marcas no mês”, destacou. 

Granéis líquidos 

Os granéis líquidos apresentaram resultado 0,3% superior ao do mesmo período do ano passado, acumulando 12,1 milhões de toneladas em 2021, melhor marca para o período. O resultado positivo foi garantido pelo bom desempenho dos embarques de óleo diesel (+45,8%) seguido por óleo combustível (+26,1) e sucos cítricos (+27,6%). 

Granéis sólidos 

Os granéis solidos apresentaram queda de 4,6% no acumulado nos 8 primeiros meses do ano, para 50,4 milhões de toneladas, em comparação com 2020. Apesar dessa redução, caracteriza-se como a segunda melhor marca para o período. As importações de adubo apresentaram forte crescimento tanto no acumulado do ano (22,6%) como no mês de agosto (39,3%). 

“Importante destacar que o desempenho deste semestre foi impactado negativamente por questões climáticas nas safras de milho e cana-de-açúcar. Mesmo assim, neste ano registrou a segunda melhor movimentação da história”, destacou Biral. 

Movimento de agosto 

O movimento mensal atingiu 12,1 milhões de toneladas, registrando redução de 12,1% em relação a agosto de 2020, retratando a conjuntura do agronegócio, que vem sofrendo com as condições climáticas. Os desembarques apresentaram crescimento de 25,0%, em decorrência, principalmente, das importações de contêineres e adubos que tiveram forte alta de 41,6% e 39,3%, respectivamente. 

Os embarques registraram redução de 23,2%. A queda se deveu, principalmente, à diminuição dos embarques de açúcar (-35,3%) e de milho (-46,5%).Os granéis líquidos registraram no movimento mensal a melhor marca para o período, com 0,3% de aumento, refletindo o crescimento nos embarques de óleo diesel (84,6%), óleos combustíveis (46,0%) e sucos cítricos (34,7%). 

Atracações 

O número de atracações no ano diminuiu, evidenciando maior capacidade dos navios que passam pelo Porto de Santos. No mês de agosto, houve redução de 8,0% em relação a 2020, com 391 atracações (425 no mesmo mês do ano passado). Nos oito primeiros meses desse ano foi registrada queda de 1,9%, com 3.242 atracações (3.305 no mesmo período em 2020). 

Corrente Comercial 

A participação acumulada de Santos na corrente comercial brasileira foi de 27,1% em agosto. Cerca de 27% dessas transações comerciais com o exterior que passaram pelo Porto de Santos tiveram a China como país parceiro. São Paulo permanece como o Estado com maior participação nas transações comerciais com o exterior pelo Porto de Santos (56,3%). 

fonte: https://www.comexdobrasil.com/movimentacao-de-conteineres-no-porto-de-santos-cresce-262-em-agosto-e-soma-32-milhoes-teu-no-acumulado-do-ano/

FONTE: INVESTE SP

Total
0
Shares
Previous Article

Guedes defende permanência do Brasil no Mercosul com recuo das tarifas de importação

Next Article

Procurando bom ponto de entrada no mercado? Esta ação agro está nos trilhos

Related Posts