Preço do diesel sobe em setembro e está 41% mais caro em 2021

O preço do diesel alcançou a média nacional acima de R$ 5, segundo o último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). Nos primeiros dias de outubro, o combustível registrou alta de 5,55%, em relação ao fechamento de setembro, e foi encontrado a R$ 5,203 nos postos. Quando a média é comparada com o valor de outubro de 2020, o avanço chega a 41%. O diesel S-10 apresentou alta de 5,42%, vendido a R$ 5,253.

“O preço do diesel vem de forma consecutiva avançando em todo o território nacional, e fica evidente com a nova alta o impacto do mais recente reajuste nas refinarias anunciado no final do mês de setembro”, explica Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

O reflexo de alta também foi identificado em todas as regiões brasileiras, com o diesel comum como o tipo S-10 apresentando variações acima de 5%, no comparativo com o fechamento de setembro. No Centro-Oeste foi registrada a alta mais significativa, de 5,66% para o diesel comum, e na região Nordeste, de 5,56% para o tipo S-10.

De forma consecutiva, a região Norte concentra os preços médios mais elevados, onde o diesel comum esteve a R$ 5,415, e o diesel S-10, a R$ 5,469. No Sul, os valores mais baixos por litro foram registrados: o tipo comum foi comercializado a R$ 4,799, e o tipo S-10, a R$ 4,836.

O Acre permanece no topo do ranking nacional do diesel comum e tipo S-10, mais caros do país, comercializados a R$ 5,932 e R$ 5,954, respectivamente. No Paraná estão os menores valores registrados pelos postos, a R$ 4,753, o tipo comum e R$ 4,786 o S-10.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log.

FONTE: CANAL RURAL

Total
0
Shares
Previous Article

Ministro do Meio Ambiente diz que promoverá etanol brasileiro na COP26

Next Article

Fixação de preços de açúcar por usinas brasileiras na ICE tem máxima em 10 anos, diz Archer

Related Posts