Preços sobem, mas volatilidade marca soja

No estado do Rio Grande do Sul, os preços da soja subiram R$ 1,00/saca com diferença de Chicago +1,47% e dólar -0,59%, segundo informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Apenas uma coisa continuou, as fábricas prosseguem sendo a principal força motora do mercado. Preços para entrega outubro e recebimento em abril/maio de 2022 bateram R$ 184,70 CIF porto, ganho de R$ 1,50/saca no melhor momento em relação a ontem, marcando recuperação total e ainda sobre valor em relação aos melhores momentos de semana passada. Preços de pedra valeram R$ 160,00 Panambi (R$ 2,00/saca de evolução)”, comenta. 

Em Santa Catarina o mercado anda com muita volatilidade, sem interesse de venda. “Nesta quarta-feira o mercado acabou retornando R$ 5,00 em relação aos avanços de ontem, que foram atípicos, com os preços se valorizando em cerca de R$ 8,00 e chegando a R$ 180,00 para dezembro. Hoje, no entanto, os melhores momentos foram a R$ 175,00, fazendo com que o interesse nos negócios se diluísse bastante, nada foi feito em volumes”, completa. 

Enquanto isso, os preços se valorizam ainda mais e alguns volumes são vendidos no Paraná. “O mercado paranaense andou um pouco nesta quarta-feira, com ofertas por parte do produtor no mínimo a R$ 175,00, mas comprador congelado logo abaixo de R$173,00, deixando os negócios difíceis, mas não mais inviáveis. No geral o vendedor ainda não quis abrir mão de seus volumes, mas alguns negócios pontuais foram feitos em forma de vendas bastante técnicas. Chicago contou com alta de 1,52% e dólar voltando a cair em 0,59%, perdendo um pouco de terreno”, conclui. 



FONTE: AGROLINK

Total
0
Shares
Previous Article

Brasil e Alemanha desenvolvem combustível sustentável para a aviação

Next Article

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em fevereiro

Related Posts