UPL ajudará agricultura sustentável e Brasil poderá gerar US$ 1,5 bi em crédito de carbono

Sustentabilidade é a marca de programa que o player UPL vai incentivar na agricultura (Imagem: Pixabay)

A UPL vai arcar com os custos técnicos que os agricultores terão no manejo e práticas produtivas sustentáveis e eles ainda gerarão crédito de carbono para somar mais renda.

São US$ 15 bilhões previstos em créditos negociados no mercado livre, em uma programação que começa agora, a UPL Gigaton Challenge, e vai até 2024, em todas as bases mundiais nas quais o player indiano de agroquímicos está presente.

Para o Brasil, a estimativa do boad da companhia é de 10% ou mais para os produtores que aderirem ao desafio, segundo a informou a Money Times.

Nessa primeira fase, abragendo a estimativa de 1 milhão de hectares nos países iniciais do Gigaton, a UPL prevê que serão neutralizados dois anos de emissões de CO² do Brasil.

O projeto, com a parceria da Fifa – sim, a entidade máxima do futebol mundial -, é parte de um desafio que vai até 2040, quando a UPL imagina retirar 1 gigaton de dióxido da carbono da atmosfera.

Em tempo: um gigaton representa 1 bilhão de toneladas.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

FONTE: MONEY TIMES

Total
0
Shares
Previous Article

Deputado do agro pede investigação da PF para apurar invasão à Aprosoja Brasil

Next Article

Cade aprova compra de participação adicional na Radar pela Cosan

Related Posts