Veja como fica o tempo na segunda-feira

Nesta segunda-feira (18/10) a atuação de um corredor de umidade do norte do país em direção ao oceano fornece as condições necessárias para a ocorrência de chuvas sobre o centro-oeste, sudeste e parte da região sul. As chuvas poderão ser localmente fortes em alguns pontos, promovendo acumulados próximos dos 40 mm. Sobre as temperaturas, esta semana começa com termômetros abaixo da média em todo o país, indicando uma diminuição do calor típico desta época do ano. 

Para terça-feira (18/10) o corredor de umidade continuará atuando e mantendo as chuvas abundantes ainda em parte do Norte, Centro-Oeste e Sudeste do país, com acumulados pontuais acima de 50mm, sobretudo, entre o sudeste de MT, sul de GO, grande parte de MG , RJ e sul de ES inclusive com chances maiores também de chuvas intensas. Não se descarta chance de granizo eventual com rajadas de ventos fortes mais pontuais entre o sul de GO, triângulo mineiro, nordeste de SP e de MS.

Confira a plataforma completa de mapas aqui. 
Saiba a previsão para a sua cidade aqui.

Saiba como fica o tempo em cada região: 

Região Norte
Os elevados índices de umidade da região amazônica, em conjunto com o fator térmico e as instabilidades de altitude provocadas pela Alta da Bolívia, favorecem o retorno das chuvas mais abrangentes sobre a região norte. Essas chuvas poderão provocar acumulados expressivos no final do dia, próximo dos 40 mm, na parcela mais central do AM e sul de RO. Sobre os demais estados, as projeções indicam chuvas na forma de pancadas isoladas, mas que poderão ocorrer em praticamente todas as áreas, promovendo acumulados entre 10 e 30 mm. No entanto, no AP e sul do TO as condições para chuvas são menores. Em relação às temperaturas, de certa forma, o calor diminui com a maior presença das chuvas.

Região Nordeste
A presença de uma área de baixa pressão situada a 10 km de altitude, favorece o levantamento do ar sobre o MA, e devido à maior quantidade de umidade sobre o estado, há condições para formação de nuvens carregadas que poderão provocar chuvas superiores aos 25 mm. Essas instabilidades poderão ocorrer de forma pontual sobre o PI, especialmente ao norte do estado. Outras localidades com potencial para chuvas ficam em toda a costa litorânea da região nordeste e quem promove essa condição para chuvas são os ventos oceânicos. Contudo, as chuvas serão fracas, passageiras e sem promover acumulados significativos. Já no interior da região, a condição será de tempo seco e quente.

Região Centro-Oeste
A atuação de uma frente fria oceânica, ajuda a formar um canal de umidade da região norte passando pelo centro-oeste e com a atuação das  instabilidades provocadas pela Alta da Bolívia, em praticamente todas as áreas da região tem condições para chuvas. Essas instabilidades poderão ser localmente fortes na região central do MT, promovendo chuvas superiores aos 40 mm. Ao norte do MS, sul do MT e sul do GO, os volumes não serão tão expressivos – entre 15 e 30 mm – mas as chuvas poderão ocorrer em um curto período de tempo na forma de temporais. Com o tempo mais encoberto, o calor perde intensidade, apenas em pontos do noroeste do MT os termômetros superaram os 37°C. 

Região Sudeste
A atuação de uma frente fria na costa da região, ajuda a canalizar o fluxo de umidade da região norte para o sudeste. Assim, com uma grande quantidade de umidade no ar e a presença das instabilidades de altitude, tem-se um ambiente favorável para a formação de nuvens carregadas. As chuvas poderão ser localmente fortes e na forma de temporais, sobretudo no sul de MG e leste de SP, onde os acumulados poderão se aproximar dos 40 mm pontualmente. No extremo norte de MG e norte do ES as condições para chuvas são muito baixas. No quesito temperaturas, o período da tarde será ameno, com temperaturas inferiores ao esperado para a época do ano. 

Região Sul
A atuação de um cavado – região alongada de baixa pressão – promove instabilidades sobre SC e PR. Além dessas instabilidades, existe o suporte de umidade vinda da região amazônica pelos ventos de noroeste e os ventos oceânicos favorecem a incursão de umidade em todo o litoral de SC. As chuvas mais volumosas ocorrerão sobre o nordeste de SC e leste do PR, com acumulados próximos dos 20 mm. Sobre o RS, o predomínio será de tempo seco e temperaturas amenas, o amanhecer poderá registrar temperaturas inferiores aos 8°C, mas não há indicativos para ocorrência de geadas. Já nas regiões mais altas de SC o período da tarde terá temperaturas inferiores aos 15°C. 

Veja os mapas destaques para hoje:

Chuva:

Temperatura Máxima:

Temperatura Mínima:



FONTE: AGROLINK

Total
0
Shares
Previous Article

Atacadão inaugura loja em Sumaré e gera 550 empregos diretos e indiretos

Next Article

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial

Related Posts